forum-economia-limpa

 

assinaturas
    

ESTE ANO, O CICLO DE DEBATES ABRALATAS 2016 ESTARÁ NO FÓRUM ECONOMIA LIMPA

20 a 21 de junho – Auditório da Unibes Cultural (SP)

O Ciclo de Debates Abralatas é um evento anual que faz parte dos trabalhos de responsabilidade social da Associação. Realizado desde 2010, promove a discussão de temas que possam estimular a produção e o consumo sustentáveis, tendo a Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) como pano de fundo. A temática Tributação Verde, debatida nos últimos dois anos, deu nova estatura ao evento este ano e proporcionou adesões de outros setores. O Ciclo de Debates Abralatas será a base do Fórum Economia Limpa, realizado em parceria com o jornal Folha de São Paulo.

Inscrição Gratuita

Fórum Economia Limpa

Programação

20/06/2016 – 8h30 às 13h30

Sarney-Filho9h – Palestra de abertura: A 21ª Conferência do Clima (COP 21) – José Sarney Filho, ministro do Meio Ambiente

O diagnóstico e compromissos. A situação mundial e brasileira diante das metas estabelecidas na COP-21. Áreas e setores em situação crítica. Consequências de curto, médio e longo prazos. O preço da inércia: o que precisa ser feito para induzir a produção e o consumo no sentido da sustentabilidade.


9h30 – Mesa 1: Empresas e sustentabilidade: Como incentivar empresas a buscarem soluções verdes? Como fazer a transição para uma economia de baixo carbono? Como aumentar a competitividade dos produtos e serviços de baixo impacto ambiental?

Participantes: Carlos Medeiros (membro do Conselho Diretor da Abralatas); Vanessa Machado (diretora de identidade organizacional do Grupo Boticário), Emiliano Graziano (gerente de Sustentabilidade da Basf na América do Sul)


10h20 – Mesa 2: A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS): Situação e perspectivas. A obrigatoriedade da implementação da logística reversa. A preocupação social. A falta de instrumentos econômicos. Eficácia no longo prazo.

Participantes: Victor Bicca Neto (presidente do Cempre – Compromisso Empresarial com a Reciclagem), Roberto Laureano Rocha (representante do Movimento dos Catadores), Valentin Aparicio Escamilla (presidente do Sindicato de Comércio Atacadista de Sucata Ferrosa e Não Ferrosa do Estado de São Paulo – Sindinesfa)


11h10 – Coffee Break


11h50 – Mesa 3: A “Tributação Verde”: A base legal e constitucional para políticas que privilegiem o tratamento diferenciado entre produtos e serviços de acordo com o seu impacto ambiental. Viabilidade de implementação no Brasil. O que tem sido feito e o que pode ser feito usando a política tributária como instrumento indutor do desenvolvimento sustentável (exemplos de casos concretos em outros países).

Participantes: Ayres Britto (ex-ministro do STF); Ana Maria Nusdeo (professora de direito ambiental da USP)

21/06/2016 – 8h30 às 13h30

9h – Palestra de abertura: Renovação da matriz energética – Marcelo Soares, presidente da Tecsis

Energia eólica, solar, biomassa são opções? Hidrelétrica pode mesmo ser considerada energia limpa? O lixo como fonte de energia no Brasil? Prédios públicos e privados devem investir em autogeração de energia?


9h30 – Mesa 4: Reciclagem: Quais são as iniciativas de maior sucesso e onde há espaço para melhorar? Quais são os materiais cuja reciclagem é mais proveitosa hoje? Onde estão os principais gargalos?

Participantes: Maria Helena Zucchi Calado (gerente de sustentabilidade do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias – Inpev); Carlos Ohde (diretor geral da Sinctronics), Milton Rego (presidente executivo da Associação Brasileira do Alumínio – Abal)


10h20 – Mesa 5: Economia circular: O modelo de Economia Circular tal como adotado na União Europeia recentemente. Principais instrumentos. Resultados esperados. A necessidade de integrar políticas para que se alcance o resultado pretendido. Mudança na estrutura de incentivos e alteração das políticas industrial e tributária como pré-requisitos para induzir a economia no sentido da sustentabilidade.

Participantes: Roberto Kishinami (coordenador do Portfólio Energia Elétrica do Instituto Clima e Sociedade); Mario Monzoni (coordenador do Centro de Estudos em Sustentabilidade da FGV-EAESP); Beatriz Luz (fundadora da Exchange for Change Brasil)


11h10 – Coffee Break


11h50 – Mesa 6: Precificação das emissões de carbono: O funcionamento de mercado mundial de carbono. Viabilidade de adoção desse modelo no Brasil. As dificuldades de implementação de um modelo global. É possível uma implementação gradual?

Participantes: Gustavo Pimentel (diretor de pesquisa da consultoria Finanças do Bem); Sérgio Leitão (diretor do Instituto Escolhas) e Suzana Kahn (coordenadora executiva do Fundo Verde da UFRJ)


Encerramento

Acesse o site Fórum Economia Limpa

Local

Auditório da Unibes Cultural

banner-principal-home

Endereço: Rua Oscar Freire, 2.500 – Sumaré – São Paulo

Unibes

Correalização

Patrocínio

Notícias

Ministro reforça compromisso com a economia limpa em evento da Abralatas

O reforço às políticas públicas ambientais para assegurar uma economia de baixo carbono foi defendido pelo ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, no discurso de abertura do evento, destacando que a economia limpa é pauta importante do ministério e não serão...
Leia mais

Sustentabilidade não é mais questão de escolha

O olhar das empresas para a sustentabilidade de seus produtos, seu ciclo de vida e todas as nuanças que isso implica foi assunto abordado durante o Fórum Economia Limpa, que trouxe representantes das mais diversas áreas da indústria brasileira. Na mesa de debates que...
Leia mais

Política Nacional de Resíduos Sólidos fortalece reciclagem

A Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS) no país constituiu ação importante para reconhecimento do trabalho desenvolvido pelos catadores de materiais recicláveis, bem como criou a responsabilidade compartilhada, onde toda a cadeia produtiva é responsável pela...
Leia mais

Tributação Verde

É preciso coragem para adotar política tributária que induza a uma economia limpa, dizem especialistas A implantação de um modelo tributário que leve em conta o impacto ambiental da atividade econômica enfrenta ainda muitas resistências, mas não pode ser considerada...
Leia mais

Renovação da matriz energética

Enviar produto para os EUA custa oito vezes menos do que para o nordeste do país, diz empresário O Brasil possui uma das principais empresas fabricantes de pás para produção de energia eólica do mundo, setor que vem se destacando como uma alternativa viável para...
Leia mais

Sociedade apoia, mas sistema tributário não estimula reciclagem, afirma especialista

A sociedade brasileira prestigia e incentiva a reciclagem no país, mas o sistema tributário acaba penalizando quem reaproveita o material. A análise foi apresentada pelo presidente executivo da Associação Brasileira do Alumínio (Abal), Milton Rego, durante mesa de...
Leia mais

Concepção do produto deve conter conceito de reciclabilidade

Elaborar um produto atraente aos olhos do consumidor, com material e tecnologia diferenciada, já é uma rotina na hora de conceber uma novidade para lançar no mercado. Porém, especialistas defendem que o conceito de reciclabilidade deveria partir da concepção dos...
Leia mais

Precificação de carbono exige consenso e análise dos impactos sobre competitividade

A complexidade da precificação do carbono e das soluções para adoção de uma taxação sobre atividades poluentes foi analisada no Fórum Economia Limpa pelos especialistas Gustavo Pimentel (diretor da Sitawi Finanças do Bem), Sérgio Leitão (diretor do Instituto Escolhas)...
Leia mais

Tributarista aponta impostos que podem induzir menor impacto ambiental

O advogado tributarista, professor, escritor e jurista Ives Gandra da Silva Martins, apresentou resultados de um parecer jurídico encomendado pela Abralatas sobre a viabilidade da Tributação Verde. Ives Gandra lembrou que o sistema tributário brasileiro, apesar de...
Leia mais

Tratamento tributário pode promover economia de baixo carbono

O caminho para uma economia de baixo carbono passa, necessariamente, pela construção de uma política tributária que estimule a produção e o consumo sustentáveis. Essa foi a conclusão a que chegaram especialistas que participaram do Ciclo de Debates Abralatas 2015 –...
Leia mais

Contato

Ficou com alguma dúvida? Fale com a gente!

O seu nome (obrigatório)

O seu e-mail (obrigatório)

A sua mensagem